fbpx

Série da Netflix traz lições primorosas de empreendedorismo

Em março, estreou na Netflix a minissérie A Vida e a História de Madam C.J. Walker, que conta a trajetória da primeira mulher a ficar milionária, com o seu trabalho, nos Estados Unidos. Mulher, filha de escravos, negra e pobre, enfrentado dificuldades financeiras e preconceitos, vivendo numa época em que o mundo dos negócios era reservado aos homens e às mulheres cabia somente os afazeres do lar, Madam C.J. Walker descobriu um nicho de negócios no qual pode empreender e vencer. Vivida pela excepcional atriz Octavia Spencer, a história de Madam nos deixa lições de empreendedorismo primorosas. Entre elas estão:

Descubra o seu nicho de atuação
Madam descobriu um produto que atendia mulheres negras. Aparentemente restrito, o mercado escolhido por ela se mostrou grande a ponto de ser necessário ampliar a empresa.

Fale menos e ouça mais
Com a implantação das novas tecnologias de comunicação ficou muito fácil para qualquer pessoa apresentar o seu ponto de vista, mas saber ouvir é um dom que poucos têm. Ouvir é um hábito que deve ser cultivado. Ouça o seu cliente com atenção e procure entender as necessidades dele.

Confie em si mesmo
Nunca temos tempo para pensar e dar ouvido aos sentimentos e intuição. Aproveite o momento que está em casa e deixe a mente vagar. A intuição é poderosa e não deve ser ignorada. Quando o empresário conhece a si mesmo e o seu negócio consegue enfrentar imprevistos, se manter firme, equilibrado e tomar as melhores decisões baseando somente na intuição. Podemos ver isso quando Madam coloca o seu rosto nas embalagens de seu produto.

Descubra a dor do seu cliente e saiba resolvê-la
O produto criado por Madam era perfeito para resolver o problema que mulheres negras tinha com os seus cabelos. Ela conseguiu resolver o problema de seu público e aumentar a autoestima de suas clientes. Conhecer a dor de suas clientes se mostrou o mais importante diferencial para o crescimento de sua empresa.

Conte a sua história
No marketing digital muito se fala em storytelling, a arte de contar histórias. Madam fez isso em 1905 quando tentou vender o seu produto nas ruas de Denver, no Colorado, e não teve resultado. Em um determinado momento, ela descobre que, contando a sua história sobre como superou a queda de cabelos e as dificuldades para mantê-los bonitos, consegue fazer o seu público alvo prestar atenção ao produto que vende. As suas histórias marcam e faz com que seja lembrado.

Compartilhar esse Post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

POSTS RELACIONADOS :